Exposição Ocupacional ao Benzeno em Postos Revendedores de Combustíveis

Resultado de intensos debates realizados na Comissão Nacional do Benzeno através da subcomissão de postos foi aprovado o anexo II da Norma Regulamentadora n°9, que estabelece requisitos mínimos de segurança e saúde no trabalho para as atividades com exposição ocupacional ao benzeno em postos revendedores de combustíveis.

Para entender melhor sobre a NR9 e o anexo II, é preciso entender o que é o benzeno e as consequências de sua exposição no ambiente de trabalho.
Benzeno é uma fórmula química C6H6, um líquido volátil incolor e altamente inflamável que se dissolve facilmente na água e se vaporiza em temperatura ambiente.É encontrado em solventes industriais, em emissão de queima de carvão, na gasolina e também em outros combustíveis.A principal forma de penetração no organismo humano é por meio de absorção pela pele e inalação, possuindo um odor doce.
Nos postos revendedores de combustíveis, os frentistas se expõem diretamente aos produtos químicos como gasolina e outros combustíveis. Essa exposição pode gerar prejuízos à saúde. Por este motivo, o anexo II da NR9 obriga todos os postos de combustíveis do país a instalar junto às bombas de combustível, um sistema de recuperação de vapores e também a traçarem medidas de segurança para a saúde de seus trabalhadores. Entenda as regras:
Uniforme
As empresas deverão se responsabilizar pela higienização dos uniformes, a lavagem deverá ser realizada pelo menos uma vez por semana. Além disso, a empresa deverá disponibilizar um conjunto extra de uniformes para pelo menos um terço do efetivo que deverão ser mantidos no posto para que possam ser disponibilizados em situações de contaminação pelo benzeno.
Capacitação
Os empregados expostos ao benzeno deverão fazer um curso de capacitação para exercerem as funções, recebendo orientações sobre os riscosde exposição à sustância benzeno e vias de absorção, sintomas de intoxicação, conceitos básicos sobre monitoramento ambiental, biológico e de saúde, medidas de prevenção e realização de procedimentos de emergência. O curso deverá ser renovado a cada dois anos.
Controle Médico
Os trabalhadores que exercem atividades com risco de exposição ocupacional ao benzeno terão que realizar, com frequência mínima semestral, um hemograma completo com contagem de plaquetas e reticulócitos, independente de outros exames previstos no PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional). Os exames devem ser catalogados e entregues ao empregado em um prazo máximo de trinta dias após a emissão dos resultados e em caso de rescisão de trabalho.
Sinalização
Os postos devem se manter bem sinalizados, com cartazes junto às bombas, nas dimensões de 20x14 cm, com os seguintes dizeres; “A GASOLINA CONTÉM BENZENO. SUBSTÂNCIA CANCERÍGENA. RISCO À SAÚDE”. Este medida tem por intuito, conscientizar o trabalhador e a sociedade sobre os riscos de contaminação pelo benzeno.
A implantação do anexo II da NR9 é uma vitória para o trabalhador e empregador, pois quanto maior o controle ocupacional da exposição ao benzeno, maior será o benefício para ambos.

O Grupo Astem realiza todo o processo de levantamento, desde elaboração e implantação das Normas Regulamentadoras e outros tipos de programas legais e treinamentos. Contamos com uma equipe de profissionais qualificados e focados nas necessidades de seu negócio. Entre em contato pelo telefone (31) 3822-5802 / (31) 99886-6648 ou pelo site www.astembr.com.br - Fale conosco.

Compartilhar:

    Comentários

0 comentários:

Postar um comentário